DO SOFÁ PARA O TAPETE


HISTÓRIAS INSPIRADORAS

Autoria: Andreia Nunes
Departamento de Recursos Humanos

Numa altura em que é crucial nos mantermos fisicamente saudáveis e equilibrados do ponto de vista emocional, constatamos que a pandemia tem tido um impacto muito significativo na diminuição dos níveis globais de atividade física.

Na verdade, a incerteza perante o futuro, as restrições que nos foram impostas, o stresse, as mudanças bruscas na nossa rotina levaram muitos de nós a abandonar os hábitos saudáveis, abrindo caminho ao sedentarismo e a uma fraca qualidade de vida.

De facto, a pandemia roubou-nos muitas coisas, mas trouxe-nos muitas novas e na Wondercom, como sempre, marcamos pela diferença e somos um exemplo a seguir.

Contamos-te a historia de seis colegas que todos os dias contrariam esta tendência e aproveitaram a pandemia para exercitar mais do que os polegares.

Se de alguma forma te servirem de inspiração e provocaram uma vontade de mudança em ti, então a nossa missão está cumprida com sucesso!

 

 


E QUANDO UMA GARAGEM DEIXA DE SER SÓ UMA GARAGEM?

Samuel Cruz, Sistemas de Informação

Embora de forma esporádica e pouco consistente, o Samuel tinha já hábito de correr num do seus lugares de eleição o Passeio Ribeirinho de Belém, junto ao Rio Tejo. O confinamento e as restrições que foram impostas impediram-no deste prazer e conduziram-no a uma fase inicial de resignação.

Foi quando se deu conta da ausência de passos e movimentos ao longo do dia e dos efeitos que, estava certo que iriam provocar, que decidiu que alguma coisa tinha de mudar.

O cenário que vivemos podia, na perfeição, ter servido de desculpa para que nada fizesse, mas o Samuel estava determinado em fazer mais por si e pela sua saúde! Investigou na Internet que tipo de exercício podia fazer em casa e com poucos recursos e confrontou-se com o treino calisténico, ou seja, um tipo de treino em que é simplesmente utilizado o  peso corporal.

Para o concretizar não era preciso muito; motivação, tinha em dobro, material, adquiriu com facilidade. Apenas lhe faltava o mais importante… o espaço! Nada que não se resolva! Abdicou de um lugar de estacionamento, e conjuntamente com um amigo improvisou um ginásio totalmente adaptado aos seus novos objectivos.

Baseado no método Tabata – treinos curtos e de alta intensidade – desenvolveu o seu próprio plano de treino, finalizando-o com uma sessão de “abdominais a matar”.

Todos os dias tem um plano diferente, cada dia mais desafiante, mais intenso e difícil, mas já nada o para.

Com tudo isto, a balança não mexeu mas o ganho muscular e a perda de volume são uma certeza. Hoje tem mais apetite mas também mais preocupação com a alimentação saudável. As diferenças sentiu-as também na qualidade do seu sono; hoje sente-se fisicamente mais cansado e contrariamente ao que acontecia, adormece ao escovar os dentes.

Embora o treino na sua garagem não fosse o ideal, foi o melhor que conseguiu e os resultados estão à vista. Hoje treina 5 dias por semana e sente-se mais em forma do que nunca. Não tem intenção de voltar ao ginásio mas aguarda que o bom tempo lhe permita voltar aos treinos Outdoor!

Para já, let’s keep the good work! Um caso de sucesso e reinvenção em plena pandemia!

Queres saber sobre este tipo de treinos? O Samuel partilha-te algumas inspirações:
Chris Herria: https://www.youtube.com/channel/UCaBqRxHEMomgFU-AkSfodCw
Frank Medrano: https://www.youtube.com/user/nashmedina


“NÓS SOFREMOS, MAS NO FINAL VAI COMPENSAR”

Carla Monteiro, Equipa 16916

Focada em cuidar de si a Carla Monteiro já fazia ginásio antes da pandemia, desde que há cerca de dois anos e meio lhe foi dito que precisava de emagrecer, numa consulta de medicina no trabalho. Com o confinamento, a Carla teve que readaptar a sua rotina procurando uma forma de conjugar a atividade física fora do ginásio. Foi assim que encontrou os treinos da Ketty Sato que lhe permitiram conhecer um novo modo de ficar em forma, com resultados ainda mais interessantes.

A sua rotina passa por um treino todas as manhãs. Nunca desistiu, mas claro que há dias em que não tem tanta vontade, mas diz que o truque está na preparação antecipada de tudo. Quando está tudo planeado, não há desculpa para não treinar e por isso não desiste.

O objetivo da Carla não está na balança, mas sim numa melhoria da sua saúde e para ela isso foi um dos fatores que fez diferença para nunca ter desistido. Atualmente, publica videos diários dos seus treinos para ajudar e influenciar a seguirem o seu exemplo.

CURIOSO? Acompanha a Carla no instagram e não deixes o treino para amanhã


À PROCURA DA SUA MELHOR VERSÃO!

Filipa Gonçalves, RH Formação

Que impacto teve a pandemia nos seus hábitos diários?

Ora bem… a Filipa confessa-nos que sempre gostou de viajar, fazer levadas para conhecer coisas novas, lagoas escondidas e cascatas mágicas. Adora andar e/ou correr atrás do nada e fazer exercícios de condição física, esperem lá, mas para isso que não a convidem!!! Quero dizer, não a convidassem… pois agora tudo mudou!

A obrigação de ficar em casa, em que as paredes eram sempre as mesmas e em que a rotina não mudava, estava a levá-la  a uma versão de si que lhe era estranha: sedentarismo extremo, loop de pensamentos menos positivos, desmotivação, entre outros. Chegou então o dia, em que se apercebeu que este cenário poderia manter-se por muito tempo até voltar ao dito “normal”. Era urgente fazer alguma para se tornar na melhor versão de si.

Foi então que, após pesquisas incessantes, encontrou uma conta nas redes socais; “o milagre do meu confinamento”! Nesta conta são apresentados planos semanais para todos os gostos e dificuldades – ufa! Já não tinha de passar horas e horas à procura dos melhores exercícios para si e criar um plano em que não necessitásse de equipamentos específicos! Não havia hipótese, sem desculpas tinha mesmo de aproveitar a exposição do trabalho de alguém e pôr-se a mexer!

Aliado a esta mudança era só manter a alimentação saudável e equilibrada que já tinha, mas agora sem lugar a recaídas… até porque já não sente falta dos doces e salgados, acreditem!

Desde então que se sente muito mais motivada, criativa, bem disposta, divertida e pronta para tudo! ?

Mais uma pequena, grande mudança do meu dia-a-dia… e que mudança! Acolheu um cachorrinho, o Baco, é atlético assim como ela… mas atlético para comer! ?

Há já me ia esquecendo… Pamela Reif, é a conta que segue. Já se falou nela nesta Gazeta, procurem e acompanhem os seus planos! A Filipa não deixa passar um, por falar nisso… está na hora do seu treino… até já Filipa, força! ?


 UM NOME A RETER E UMA HISTÓRIA A NÃO PERDER!

João Santana, Field Service, Centro

A vida do João, neste último ano, foi dos 8 aos 80 e a grande mudança aconteceu quando se confrontou com os três dígitos da balança. Estava assustado e cansado de acordar todos os dias esgotado! Era urgente fazer alguma coisa por si!

Já tinha feito outras tentativas para emagrecer no passado, mas desta vez não havia volta a dar! Consciente de que os milagres não existem, sabia que tinha de mudar drasticamente os seus hábitos alimentares e começar a fazer exercício físico.

O início foi muito duro; passou fome nos primeiros tempos e os resultados teimavam em não aparecer mas nem isso foi o suficiente para o fazer ceder, pelo contrário, a cada dia que passava exigia mais e mais de si.

Conta-nos um acontecimento que mudou a sua vida…

Num dos seus treinos, foi abordado por um desconhecido que habitualmente via a treinar e que o desafiou a treinarem juntos. Com uma insegurança que só ele sentia, concordou, embora certo de que nunca conseguiria acompanhar aquele passo atlético. Bastou uma semana para que este “estranho”, que hoje sabe ser um atleta federado, revolucionasse a sua vida e levasse este gosto ao extremo.

Agora com cerca de 75 kg, menos 30 kg que os iniciais, corre em média 10 km, 6 dias por semana, faça chuva ou faça sol. Mais leve, menos cansado, mais alegre e confiante são apenas algumas dos benefícios que identifica deste seu novo estilo de vida.

Mas não se fica por aqui! Cada dia que passa desafia-se mais e mais e mais, e após uma meia maratona de 21 Km concluídos, já só pensa na próxima maratona de 41 Km. 2022 é a sua expectativa, e nós, por  cá,  estaremos para o apoiar!

O João quis dar a volta à sua vida, inspirando-se em que mudou! Mas a vitória é somente sua, e hoje, é o João que nos inspira a todos nós com a sua força, determinação e capacidade de superação.

Apresentamos-te o João de antes e o novo João de agora!

JOÃO, SEM DÚVIDA QUE O WONDER AWARD É TEU!


E QUANDO A TECNOLOGIA NOS DÁ UMA LIÇÃO?

Mónica Pedro, Comunicação, Imagem e Infraestruturas

A vida agitada que levava era só mais um ponto a desfavor da prática de exercício físico. Tinha a preocupação com a sua qualidade de vida e  já fazia umas valentes caminhadas à hora do almoço, junto ao nosso K1, mas de uma forma descontraída e pouco regular.

A pandemia e o trabalho remoto não levaram a uma consciencialização imediata da necessidade de mudar os seus hábitos, até porque, “em casa, tudo nos convida a fazer o mínimo”. Só aos poucos e poucos e com a ajuda da tecnologia se foi apercebendo da sua falta de movimento ao longo do dia; as mínimas rotinas diárias de se levantar, correr até ao trabalho, beber um café ou simplesmente descer à copa para beber água perderam-se e o seu smartwatch alertou-a para isso.

Começou a fazer desafios diários, semanais e mensais e a ter ambição de os alcançar sem nunca desistir. Envolveu a família e hoje são três em competição.

Com o isolamento apercebeu-se também que era urgente tirar os miúdos de casa. Criaram um ritual em família e todos os domingos, pequenos e graúdos caminham por cerca de 12 Km com o objetivo de conhecer novos trilhos e paisagens.

Aquilo que começou como uma brincadeira tornou-se quase como um vício, mas os desafios obrigam-na a manter o ritmo, a disciplina e prazer de se superar.

Hoje sente-se bem, saudável, mais em forma do nunca e até os seus hábitos sociais se alteram pois passou a conhecer não só a sua terra mas também a vizinhança.

Só este mês de Abril já fez mais de 200Km em trilhas e trekks


MENTE SÃ NUM CORPO SÃO: UM EQUILÍBRIO QUE NÃO DISPENSA!

Andreia Nunes, Recursos Humanos

Desde que se recorda que os hábitos saudáveis e exercício físico fazem parte da sua vida, sendo pilares fundamentais ao seu bem estar emocional.

Durante o primeiro confinamento não estava habituada a exercício outdoor, e as caminhadas que realizava, mesmo que num sitio tão privilegiado, deixaram de ser desafiantes. Precisava de mais, precisava de sentir aquele antagonismo que só o exercício físico nos traz de paz interior e ao mesmo tempo de libertação e de sentimento de que somos capazes de tudo! Foi dominada por essa necessidade que começou a correr.  De manhã bem cedo, quando em casa ainda tudo dormia, calçava os ténis e lá ia ela para uns 30 minutos de corrida.

Aí, finalmente se apercebeu do que falavam aqueles que correm!

Depois disso, e de um pequeno-almoço vitaminado, o dia só podia correr bem!

O segundo confinamento foi sem dúvida muito mais intenso. O tempo cinzento, o isolamento, a intensidade do trabalho e a confusão de todos os papéis que deixaram de ter fronteiras levou a que sentisse necessidade de parar e se centrar apenas em si!

Mas como, se o dia só tem 24 horas, 7 das quais passamos a dormir e nas restantes não paramos? 

Numa vida que não tinha pausa, não teve outra opção que não a de roubar tempo ao sono! Hoje, continua a acordar pelas 06h15 e a beneficiar da serenidade profunda que só a essa hora se vive. Umas quantas respirações profundas e já com o sentimento de tranquilidade, não há tempo a perder! Segue-se uma aula de Pilates ou de Body Balance (que sim, parecem inofensivas mas levam  corpo ao extremo) ou uma corridinha pelas vinhas ou pelo paredão,

“Com o ritmo alucinado do dia-a-dia, preciso deste tempo para mim, da paz, do sossego, de me ouvir, de sentir, de me focar e refletir. Este é o meu momento e é aqui que me encho de força e energia”. 

Para a Andreia, hoje, manter um estilo de vida saudável já não é uma preocupação, é uma filosofia e um modo de estar na vida pois tem consciência que ser saudável não é mais que uma opção!